28/11/2010

JOANETE

Denominação popular de uma elevação que se forma no osso metatarsiano do primeiro dedo do pé, o Joanete, cientificamente conhecido como HALLUX VALGUS, é uma deformação, uma saliência óssea do dedão ou dedinho dos pés. Entre as causas mais freqüentes do Joanete, está o encurtamento do músculo que faz estender os dedos; o excesso de movimentação do primeiro osso do meio do pé; ou a queda do arco da frente, formado pelos ossos dos pés.
Há uma predisposição genética para o Joanete, porém o problema se agrava com o uso inadequado de sapatos. As mulheres, por exemplo, pagam caro pela elegância dos saltos altos e têm 20 vezes mais chances de ter Joanete.
Essa saliência — causada também por um desvio lateral e um ângulo agudo da articulação do dedão ou dedinho —, costuma provocar constante pressão sobre a articulação dos demais dedos, que com o decorrer do tempo ficam curvos e salientes. Quando o desvio é pequeno, o Joanete não incomoda. Em desvios mais acentuados, a dor pode ser muito forte, tornando impossível o uso de sapatos comuns.
É aconselhável evitar o uso contínuo de sapatos de bico fino ou salto alto e privilegiar o uso de calçados adequados ao tipo de pé e que sejam folgados.
A ginástica para os pés são essenciais para a prevenção. Contrair os dedos como se fosse pegar um objeto com os pés ou apoiar o calcanhar no chão e levantar a parte da frente do pé, formando um ângulo reto, são alguns dos exercícios recomendados. A maioria dos Joanetes é tratável sem recurso de cirurgia e a prevenção é sempre o melhor caminho.

2 comentários:

Caco disse...

Taí um problema que atinge um grande número de pessoas, inclusive eu. Essas tias sempre ligadas, em tudo! Parabéns pelo blog e um grande beijo pra ocêis!

Wanzeler disse...

Valeu! me ajudou muito no trabalho da faculdade!!!