22/05/2010

ÓLEOS ESSENCIAIS

O óleo essencial é um princípio ativo natural, que se forma na planta por inúmeras razões, principalmente por razões metabólicas ligadas a reprodução e proteção do vegetal.

Extraídos de plantas aromáticas, apresentam princípios ativos terapêuticos, são utilizados na indústria cosmética e farmacêutica. Possuem características físicas similares ao álcool e ao éter, são voláteis e não deslizam diretamente quando aplicados sobre a pele.

ÓLEO ESSENCIAL DE MELALEUCA: Poderoso anti-séptico e fungicida, parasiticida, germicida, cicatrizante e pode ser utilizado contra quase todos os tipos de infecções. Eficiente no tratamento de micoses de unha, aftas, dor de dente, dor de ouvido, candidíase, psoríase, frieiras, calos, furúnculos, herpes (labialis, genitalis e zoster) e acne. Evita a ocorrência de frieiras e feridas nos pés.

ÓLEO ESSENCIAL DE ALECRIM: Atua sobre o sistema circulatório, estimula a oxigenação de todo organismo. Fortalece a musculatura e a pele, mucolítico, lipolítico, anti-séptico e cicatrizante. Age positivamente sobre o esgotamento físico e mental, é revigorante. Deve ser usado durante o dia, pois é estimulante e tira o sono.

ÓLEO ESSENCIAL DE CITRONELA: Mundialmente conhecido por sua propriedade repelente, não é tóxico. Pode ser feito produtos como vela, sabonete, sache, loção, incensos, aroma ambiente, enfim uma infinidade de formas de aplicação como repelente. É um excelente anti-séptico aéreo, purifica o ambiente e mata germes nocivos à saúde.

ÓLEO ESSENCIAL DE CRAVO: Rico em Eugenol, substância amplamente utilizada pela medicina odontológica, é excelente anti-séptico e analgésico bucal. Fortalece as unhas, mata fungos e restaura o tecido. É tônico estomacal, seu aroma fortalece o sistema digestivo, principalmente nos momentos de convalescença e fraquezas provocadas por doenças em geral.

ÓLEO ESSENCIAL DE EUCALIPTO: Excelente no tratamento de doenças das vias respiratórias é famoso por suas propriedades mucolíticas, descongestionantes e expectorantes. Também poderoso desinfetante de ambientes, principalmente contra bactérias aeróbias e fungos. Proporciona sensações de expansão e liberdade, relaxa os músculos e alivia tensões provocadas pelo excesso de esforço ou exercícios físicos.

ÓLEO ESSENCIAL DE LAVANDA: É o óleo mais consumido no mundo, pois além do maravilhoso perfume, é anti-estresse. Excelente em queimaduras qualquer ordem, também trata de dores originárias por tensão, excesso de esforço físico, alivia sintomas de torcicolo, cólicas menstruais e estomacais, espasmos musculares, tendinites, dores nos pés e nas costas. Facilita ultrapassar momentos de esgotamento físico e emocional.

ÓLEO ESSENCIAL DE LEMONGRASS: Erva-Cidreira, Capim-Limão, Capim-Santo, Chá-de-Estrada, são todos os sinônimos utilizados para descrever este maravilhoso Capim com cheiro de Limão. É o óleo da memória, fortalece o raciocínio, a criatividade e a concentração. Sua melhor aplicação está na aromatização de ambientes de trabalho, onde a criatividade e a concentração devam dominar.

ÓLEO ESSENCIAL DE MENTA: É um óleo especial para situações de inchaço e dor. Analgésico e bactericida é ideal para aplicações nas lesões através de compressas frias. Em massagens e banhos, é refrescante, revigorante e estomáquico. Para enjôos com perda de apetite e vômito, aplicamos 2 gotas do óleo essencial de Menta, 1 colher de açúcar branco em um copo de 200ml de água, faz-se então gargarejo. A ânsia de vômito desaparece imediatamente (não ingerir). Menta significa alívio.

2 comentários:

Lu CY disse...

Hum... adoro óleos essenciais... vou guardar essas informações.
Confesso que não dou a atenção devida aos meus pezinhos de anjo tamanho 38... mas acompanharei o blog para reverter esse quadro! kkk
Mas uma coisa sempre fiz, uso somente sapatos que me trazem conforto!
Beijos e obrigada pela visita!

Ingrid Paim disse...

Óleos são tudo de bom!!!
Ótimo post!
Bjs